• Granfest Marie

Noivos com religiões diferentes

Essa é uma dúvida bastante freqüente entre os casais, felizes com o grande dia, mas em dúvida de como será escolhida a cerimônia religiosa que irá ser realizada no dia.


A maioria dos casais está optando pela cerimônia de casamento inter-religiosa.Voltada justamente para noivos que seguem religiões distintas, ou até para os casos em que um deles não tenha religião. A união se dá na presença de dois líderes espirituais.


Uma cerimônia muito conhecida é a cerimônia ecumênica,Todos sabem que nessa cerimônia os noivos seguem religiões diferentes, porém cristãs, ou seja, ambos acreditam em Cristo e seguem o Cristianismo. É também chamado de casamento interconfessional. Já a cerimônia de casamento inter-religiosa é aquela em que o casal segue religiões distintas, cristãs ou não, como católica, evangélica, judaica, candomblé, budismo, etc. (ou um deles não tem religião alguma).


Sabemos que existem vários rituais simbólicos que podem ser utilizados pelos noivos em cerimônias de casamento ecumênicas, que costumam ser mais informais e não se prendem a ritos tradicionais,como a cerimônia das taças, das velas, da árvore etc.


Já o casamento inter-religioso conta com a presença de dois líderes espirituais, representando cada uma das crenças dos noivos. A cerimônia também costuma “fugir” das que são tradicionalmente realizadas nas igrejas. Nesse caso, cada um dos líderes (padre, pastor, rabino, monge, pai de santo, etc.) prepara um discurso e/ou oração para abençoar a união. Os votos podem ser escritos pelos próprios noivos.


Geralmente, esse tipo de cerimônia é realizada fora da igreja, em um sítio, praia, casa de festas, hotel, etc. Também é possível fazer um casamento na Igreja Católica Romana com a participação de um líder de outra religião cristã, mas, nesse caso, a cerimônia será segundo as regras sacramentais do catolicismo (chamado de casamento misto ou com disparidade de culto, de acordo com a condição de batismo de cada um).


De qualquer maneira, tudo precisa ser combinado com antecedência, para que na hora não haja contratempos ou mesmo conflitos nos ritos e discursos proferidos. O casamento inter-religioso é também uma prova de amor e um exercício de tolerância, algo que será necessário não só no Grande Dia, mas em todos os momentos que o novo casal irá viver a partir daquele momento.



GRANFEST MARIE




7 visualizações

R. dos Acadêmicos, 39 - Piratininga, Niterói - RJ, 24350-400

Tel: (21) 2703-9307

Cel: (21) 98232-0407

contato@granfestmarie.com.br

  • Facebook Granfest Marie
  • Instagram Granfest Marie